terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Lugares para comer na Liberdade de São Paulo

O bairro Liberdade é meu favorito em São Paulo e, recentemente tem recebido investimentos de empresários que embelezaram o comércio, fazendo valer ainda mais a pena reservar uma tarde para conhecer a gastronomia oriental aliada às compras. Estas melhorias do setor privado contrastam com a triste decadência de suas áreas públicas, faltando pintura, limpeza e higiene. Não conheço em profundidade a comunidade local mas acho que faltaria tão pouco para se reunir e fazer do lugar um ponto top e imperdível para o turismo da capital paulista. 



Mas voltando ao lado bom do lado ruim, fizemos um tour intensivinho na gastronomia do bairro e quero recomendar algumas delícias que tivemos a oportunidade de degustar. Então aqui vai a lista de restaurantes que experimentamos e gostamos. Cada nome de restaurante possui o link para a página do estabelecimento aonde é possível encontrar endereços, horários e mais infos. Espero que aproveitem as dicas. 


papeis lindos para fazer origami

MEU UDON maravilhoso restaurante de udon (que é um macarrão japones que dá um trabalhão de muitas horas para fazer). Tem poucas mesas e fica escondido mas eu amei e já ultrapassou de longe o lamen que era meu queridinho. Agora sou fã do udon. O restaurante é simples mas a comida é saborosa. Recomendo. 



SPOONFUL sorvetes tipo cremeria, refrescante, leve e não muito açucarado. Ótimo para as crianças. A porção normal é gigante!!!


LAMEN KAZU restaurante de lamen. Lotado, chegue bem cedo! O pedido já é feito na calçada, enquanto esperamos uma mesa. Provei o prato vegetariano, muito bom, com muitas verduras. Achei pobre em opções para crianças "chatas" para comer.


FEIRA DE RUA perfeita, impecável, limpa, variada. Provei o tempura de verduras mas tudo parecia feito com carinho. Aqui dá para comer rápido e barato. Chegue cedo para provar de tudo um pouco com calma. Fica bem lotado. Funciona somente aos fins de semana. Ao lado da saída do metro Liberdade.



KAZU CAFE tem doces japoneses, com pouco açúcar e um visual lindo. Fica o lado do restaurante do Udon, então dá para fazer um "bem casado" de almoço e café com sobremesa. Tip de doce para quem ama chás: o choux de matchá.



doce de matcha
TEA STATION: local muito descontraído, com o chá de "bolinhas". Fica mais escondido mas para quem gosta de experimentar novidades e introduzir as crianças no mundo dos chás, é uma opção bem divertida. 

BUBBLEKILL: meu favorito "chá de bolinhas" no bairro. Delicioso e no segundo andar tem poltronas confortáveis para fugir do burburinho enquanto nos deliciamos com esta novidade que vai fazer muita gente virar fã de chás. 




89o COFFEE STATION: boa pedida para quem quer comer e gastar menos. Tem opções de "take away" que podem ser degustadas lá mesmo também. E tem doces muito atrativos, vários deles com o matchá, o que leva ao delírio a galera amante dos chás. O café é bastante "plain" mas há opções de pedir o preparo em uma V60, o que já é muito melhor do que a maioria dos cafés encontrados pela cidade. 




6 comentários:

  1. Eu não visito esse bairro tem muitos anos. Antigamente sempre que ia a SP passava na Liberdade e comprava uma bonequinha vestida de japonesa pra minha filha. Acho que sou a única pessoa que não gosta de comida japonesa. Me animei e revistar o bairro. Vc foi de metrô ? Chegando lá de metrô é fácil achar essas indicações de lugares para comer ? Adoro origamis. beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom da Liberdade é que a comida japonesa é bem variada e não fica só no sushi-sashimi. Tem do pastel ao tempura. Dá para ir de metro e os restaurantes recomendados ficam todos a no máximo 3 quadras da estação de metro. Cada nome de restaurante possui um link para o site dos locais aonde é possível encontrar endereços e infos mais completinhos. Beijos.

      Excluir
  2. Gostei das sugestões, apesar de cada vez menos curtir comida oriental - ando com ranço de shoyo hahahah. Mas adoro chá de bolinhas, nhammmm.
    Concordo com você, algumas áreas desta e de outras cidades estão claramente abandonadas, dá um dó... Mas ainda assim, a Liberdade é um lugar bem especial.

    ResponderExcluir
  3. Tati, faz tempo que conheci a Liberdade. Parece diferente... como você disse, estão investindo no bairro, o que é ótimo! Dicas anotadas para minha próxima trip pra sampa!

    ResponderExcluir