quinta-feira, 29 de outubro de 2015

BATE VOLTA DE MEDELLÍN À GUATAPÉ, ROTEIRO NA COLOMBIA EM FAMÍLIA

Hoje o Desempilhados está participando de uma blogagem coletiva com vários outros blogs amigos com dicas de bate e volta para ajudar quem não se programou para o próximo feriado. E nós vamos passar um dia em Guatapé e Peñol, visitando uma pedra...

Quando vi a foto desta pedra pela primeira vez, eu coloquei como um desafio pessoal subir nela. Para quem não me conhece, entendam que eu chamo de desafio porque eu não sou atlética, minhas caminhadas se limitam a andar pela cidade, buscar filho no colégio e tal. Portanto, subir os 700 degraus era algo quase inalcançável para mim, mas fui com a vontade e determinação necessárias para chegar lá.



Sobre a quantidade de degraus, você vai ver mil e uma contagens diferentes nos blogs por aí, mas a verdade é que menos de 650 não são, porque este registro está marcado no chão. É a última marcação antes de chegar ao topo. Depois tem um mirante com mais uns tantos degraus, mas esta parte eu não fui, nem sei quantos degraus mais tem lá para cima. Meu objetivo era chegar no topo e não no topo do mirante, rsrsrs


Turismo bate volta desde Medellin, na Colombia, em família. A pedra de Guatapé, Peñol. Trip with kids.

Turismo bate volta desde Medellin, na Colombia, em família. A pedra de Guatapé, Peñol. Trip with kids.

A tal pedra pertence à uma família só e antes fazia parte do município de Peñol, depois passou a fazer parte de Guatapé, o que gerou uma tristeza por parte dos peñolenses (compreensível, afinal, é o principal destino turístico da região). Mas esta é a primeira iniciativa privada que eu acho que poderia ser melhorada se fosse pública (não defendo nenhuma nem outra, falo só do que tenho visto por aí...). O local é bastante precário e você tem que ter certeza total e absoluta que quer subir porque depois de subir, há só uma forma de descer que é pela escada e o resgate só vai chegar a pé e se você tiver um telefone para chamar. Ou seja, nem invente de passar mal no degrau 321 por exemplo, porque vai ficar lá passando mal mesmo. E ponto. No próprio ingresso já diz: "por su seguridad sea prudente" (para a sua segurança seja prudente). Não sei o que eles querem dizer com isto, será que prudência é não subir? Não sei...



Outro ponto absurdo é que não tem alternativa de subir para as pessoas que não podem ou não querem escalar e se arriscar a ter um piripaque no caminho. Não tem um elevador, bondinho, escada rolante, nada. E o ambiente lá embaixo para ficar aguardando enquanto os seus acompanhantes sobem é bem precário. Até tem um ou dois barzinhos, mas sem condições de sentar naquele calor por duas horas. 


Turismo bate volta desde Medellin, na Colombia, em família. A pedra de Guatapé, Peñol. Trip with kids.

Além disso, o lugar não tem asfalto, não tem calçada. Você estaciona no areião e vai andando até a bilheteria no meio de carros, motos, poeira. Um verdadeiro horror. Além de perigoso para as crianças porque tem motoristas mal educados que acham que o pedestre deveria voar e jamais passar entre os carros mesmo não tendo outra opção. 



Ah, depois desta minha descrição tão horrorosa você já deve ter desistido, certo? Pois eu sugiro que você aproveite que vai passar todo o perrengue para chegar ao cume e faça alguma promessa, para valer o esforço. Mas se não acreditar em promessas, ainda assim acho que vale a pena porque a vista lá de cima é algo de tirar o resto de fôlego que sobrou depois de subir a escada. É lindo. Nunca tinha visto tantas ilhas juntas desta forma. Bonito mesmo. 


Turismo bate volta desde Medellin, na Colombia, em família. A pedra de Guatapé, Peñol. Trip with kids.

O QUE LEVAR: fôlego, protetor solar, fôlego, tênis confortável, fôlego, chapéu, fôlego, água, fôlego, roupa confortável, fôlego.

Lá em cima tem barzinhos para comprar água, sorvete, lanches. Tem banheiro público e pago. 

SUBIR COM CRIANÇAS? Bom, eu não queria, achava um exagero o pequenino (4 anos) Luizfe subir 700 degraus mas ele insistiu. E surpresa!!!! Correu até lá em cima. Eu parava quase desistindo e ele dizia: "mãe, descansa em casa". Chegou lá com fôlego e queria seguir até o mirante. Mas eu não aguentei. Vi pais subirem com crianças no colo por isto eu recomendo que conheça bem seus filhos porque se o seu costuma pedir um "upa" no shopping center, não vai conseguir chegar até o topo da pedra e quem vai carregar???



A DESCIDA: é mais fácil? Até é, mas não tanto assim. A escada é apertada, meio no escuro, algumas partes molhadas, escorregadias. E para quem tem joelhos fracos, vai doer baixar os 700 degraus.

Enfim, parece que não, mas eu amei ter vencido minha meta, adorei ver a vista lá de cima, fiquei radiante por confirmar que meu filho é um mega companheiro de aventuras e que o maridão é o melhor parceiro que eu poderia ter. Além da vista linda.

QUANTO CUSTA? ahhhhh pensava que era grátis subir certo? Só que não... Custa COP 12.000 por adulto (+ou- US$ 3.60) e meu filho de 4 anos não pagou. 

COMO CHEGAR? são só 79 km até a pedra saindo de Medellín. Você pode ir de carro, de ônibus ou na excursão que fomos. O roteiro que seguimos está abaixo e você pode usar as dicas se decidir ir em viagem "solo".


ROTEIRO de um dia pela região: Saída do parque de los pies descalzoscafé da manhã na estrada, visita ao Pueblito Paisa, subida na pedra, almoço no parque Comfama, visita à cidade de Guatapé, passeio de barco, parada para comprar almojábanas na estrada e retorno para Medellín. Clique em cada parte do roteiro acima para saber mais detalhes. 



Confira outras dicas de passeios bate e volta:


Rio de Janeiro- Arraial do Cabo: Passeio de barco pelas praias de Arraial do Cabo -  Fourtrip

São Paulo - Santos: Passeio de bondinho sem ficar pelado em Santos - me deixa ser turista 

São Paulo - "São Paulo - Praça da Luz, Mercadão e Praça da Sé" - Ligado em Viagem 

Paraíba - Território Macuxi - passe um dia de índio em meio à natureza paraibana - Atravessar Fronteiras 

De Manaus a Iranduba - Amazonas: Praia de Açutuba e Cachoeira do Castanho, em Iranduba, Amazonas - Pequeno Grande Mundo 

Roma/Itália - Bate e Volta Roma a Orvieto - VoupraRoma

Minas Gerais - Ouro Preto: Bate-e-Volta no feriado que vem chegando - Destinos por onde andei...

Colômbia - BATE E VOLTA DE MEDELLÍN À GUATAPÉ, COLOMBIA: SUBIR 700 DEGRAUS COM CRIANÇAS - Desempilhados 

Dunas de Casa Nova (BA) - Dunas de Casa Nova, um Mar no Sertão! De Petrolina para o Mundo 

 Lapa no Paraná, bate e volta desde Curitiba - Comendo Chucrute e Salsicha


Várias cidades - 10 passeios bate e volta para curtir no feriado - D&D Mundo Afora

Brasil, França e Portugal em bate-voltas: ops, não exatamente entre eles! Viagens da Mochilinha Gaúcha


Rio de Janeiro (RJ) - Viagem bate-volta: o que não fazemos por uma cerveja… - Freitas para o Mundo - 


Santa Catarina - Várias cidades: Bate e volta pelas praias de Santa Catarina - Destino Mundo Afora 


São Paulo (capital e arredores): Blogagem Coletiva: 10 passeios bate e volta pra quem está em São Paulo curtir o feriadão - Família Viagem 


Rio de Janeiro - 10 destinos bate volta no Rio de Janeiro - Vida de Viajete 
 Pirenópolis - "Bate-e-volta em Pirenópolis" - Olhar de Viajante 

19 comentários:

  1. Com uma vista panorâmica dessas, vale muito a pena subir, subir e subir, não? Não conhecia, achei espetacular. Dica fabulosa!!! BjO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo... subir, subir e subir kkk
      Que bom que gostou.
      Tati

      Excluir
  2. Amiga comentadeira, adorei! Tu é uma figura. Já q estava lá em cima poderia ter ido até o mirante. Kkkk Coloca como próximo objetivo,
    E descer escadas às vezes é bem pior do que subir, subir cansa mais, mas descer força o joelho. Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha essa foi a primeira e única vez que subo lá. Amiga, quando você for no mirante tira fotos para mim? kkk
      Tati

      Excluir
  3. Sou louca para conhecer a Colômbia - Cartagena, então (nem se fala, kkk). Mas gostei bastante de descobrir com o post outras opções de atrativos que o país tem para oferecer!!!! Muito boa sua dica!!!! vale um bate e volta, com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Daniela, a Colômbia é realmente um lugar que merece ser explorado. Há muito por descobrir.
      Tati

      Excluir
  4. Muito bom...nossa tem que ter preparo...cansei só de ler! hehehe
    Bacio de Roma pra você e bom feriado!

    ResponderExcluir
  5. Menina que folego!! A vista é deslumbrante... que bela recompensa pela jornada!! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem né Simone? Imagina chegar lá e ser horrendo?
      Beijo, Tati

      Excluir
  6. Que sensacional, que vista maravilhosa, meu desejo agora é conhecer a Colômbia e este lugar incrível.

    ResponderExcluir
  7. 700 degraus!? Wow... mas a vista é recompensadora. Precisamos incluir Colombia numa viagem próxima. Abs, Edson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É recompensadora mesmo Edson. Venha sim! A Colômbia é linda.

      Excluir
  8. Tati! Que paisagem linda!!! Mas acho que não vou querer subir isso tudo não kkkkkkk!!! Fiquei cansada só de olhar!! bjs

    ResponderExcluir
  9. Adorei a dica! Fui para a Colômbia rapidamente, uma vez, e pretendo voltar. A vista é show!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da da dica. Prepara o fôlego para subir e a câmera para as lindas fotos que vai tirar.
      Bj, Tati

      Excluir
  10. Aqui no Rio tem um lugar com a geografia parecida com essa, mas quase não é conhecido, se chama represa de Ribeirão das Lajes.

    ResponderExcluir